A trabalhar (por um mundo melhor)...

ATTAC Universidade de Verão Europeia 2017: Este é o momento!

Dois mil ativistas juntaram-se esta semana em Toulouse na Universidade de Verão Europeia para Movimentos Sociais da ATTAC para participar em cerca de cem atividades (seminários, debates, fóruns, oficinas…). As quatro campanhas de Empregos para o Clima na Europa também marcaram presença em duas sessões. Sindicalistas e ativistas climátic@s do Reino Unido, Noruega, França e […]

Read more

ATTAC European Summer University 2017: The Time Is Now!

Around a thousand activists gathered this week in Toulouse for the ATTAC’s European Summer University for Social Movements to participate in a total of hundred sessions (debates, seminars, fora, workshops…) and the Climate Jobs campaigns from across Europe were also there. We had unionists and climate activists from the United Kingdom, Norway, France and Portugal, […]

Read more

TESLA, capitalismo verde e mais do mesmo: lucros, consumo e precariedade. – Precários Inflexíveis

Elon Musk criou a TESLA e é aplaudido como se de um herói se tratasse e como se construir giga fábricas (o equivalente a 262 campos de futebol americano!) de carros movidos a energia elétrica bastasse para combater as alterações climáticas. Ou não fosse este só mais um negócio propagado pelo que agora chamam de […]

Read more

Efeitos na economia portuguesa e no emprego de políticas de mobilidade sustentável – Fábio Pinheiro, Pedro Nunes

– Sumário executivo – (versão preliminar do trabalho em curso) Mestrado Integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 1. Introdução O crescimento económico e consequente geração de emprego são prioridades na agenda da generalidade dos líderes políticos mundiais, assim como a protecção do ambiente e o combate […]

Read more

Financiamento dos Empregos para o Clima – Izaura Pires de Carvalho, Gonçalo Pessa, José Ricardo Sequeira

Como parte da campanha, onde partimos de um objectivo de redução das emissões de CO2 em 60% nos próximos 15 anos, concluiu-se pela necessidade da criação de 100 mil empregos para o clima em Portugal. O objectivo seria que estes empregos fossem financiados e associados ao sector público, que controlaria o esforço nesta transição energética. […]

Read more

Vídeo: Empregos para o Clima: porquê prioridade a quem trabalha hoje na indústria dos combustíveis fósseis?

A Campanha Empregos para o Clima exige postos de trabalho que integrem prioritariamente quem trabalha hoje na indústria dos combustíveis fósseis. E porquê? A campanha Empregos para o Clima exige uma política ativa de criação de emprego digno em áreas de combate às alterações climáticas. Em Portugal, a campanha prevê, neste momento, a criação de […]

Read more

Vídeo: O que é Democracia Energética?

O que é Democracia Energética? from Climaximo on Vimeo. Com as alterações climáticas, confrontamos uma emergência energética. Como podem os sindicatos lutar para esta transição? O vídeo do RLS–NYC e Trade Unions for Energy Democracy (TUED) explica. * Legendas: Juliana Rodrigues

Read more

A agricultura como potencial sumidouro de carbono e criadora de emprego – Lanka Horstink

O sistema alimentar moderno pode ser considerado um epítome dos paradoxos que a humanidade enfrenta no século XXI. Por um lado contribui significativamente para as alterações climáticas, para a rápida erosão dos recursos naturais, ecossistemas e biodiversidade de que os humanos e as espécies que coevoluiram com a sua acção dependem; por outro, foi indicado […]

Read more

Potenciais empregos gerados pela reabilitação energética – Manuel Duarte Pinheiro, IST

Potenciais empregos no futuro decorrentes das alterações climáticas para Portugal: Reflexão expedita sobre empregos gerados pela reabilitação energética (Draft) Manuel Duarte Pinheiro – Eng.º Ambiente, Doutorado, Prof. IST, Responsável do Sistema LiderA (Revisão do texto de Daniela Urbano, Mestre Engª do Ambiente) Maio de 2017   Potenciais empregos no futuro decorrentes das alterações climáticas para […]

Read more

Vídeo: Empregos para o Clima: porquê com impacto direto na redução de emissões?

A Campanha Empregos para o Clima exige novos postos de trabalho no sector público e em áreas com impacto direto na redução de emissões de gases com efeito de estufa. E porquê com impacto direto na redução de emissões? Não existem já os empregos verdes? A campanha Empregos para o Clima exige uma política ativa […]

Read more