Transporte Público Rodoviário Urbano: Carris e o seu Potencial Impacto nas Emissões – Filipe Carvalho, Climáximo

utentes-carris

Um dos sectores mais importantes em termos de emissões de Gases de Efeito de Estufa (GEE) é o sector dos transportes. Para se cortar nas emissões nacionais, é necessário aumentar a eficiência do transporte de passageiros através da substituição do veículo individual pelos transportes públicos. No presente texto pretende-se estimar as reduções de emissões de GEE num cenário de…

Saber mais →

100 mil Empregos para o Clima

100k-empregos

É possível! A campanha Empregos para o Clima defende a criação massiva de novos postos de trabalho no setor público em setores-chave para reduzir as emissões de gases de efeito de estufa. Achamos que a luta pela justiça social e o combate às alterações climáticas estão interligadas, por isso a nossa proposta responde ao mesmo tempo ao aquecimento global,…

Saber mais →

O Contributo dos Recursos Hídricos Subterrâneos – Luís Ribeiro, IST

alentejo

1 INTRODUÇÃO a) É unanimemente reconhecido que os recursos hídricos constituem um domínio fundamental para a avaliação dos impactos das alterações climáticas nas actividades humanas. Esta relevância resulta da circunstância de as alterações climáticas terem impactos directos no regime de ocorrência e disponibilidade dos recursos hídricos, e também do facto de este regime condicionar, por sua vez e de…

Saber mais →

Floresta: Como torná-la num verdadeiro sumidouro e armazém de carbono – João Camargo, ICS

floresta04

EMPREGOS PARA O CLIMA E PARA UMA FLORESTA MULTIFUNCIONAL Quando o primeiro-ministro, António Costa, anunciou na Cimeira do Clima (COP22) em Marrakesh, que o país seria carbono neutro em 2050, a necessidade de avaliar o balanço dos emissores e dos sumidouros de carbono tornou-se mais importante para poder garantir (pelo menos) o cumprimento de tal promessa. Segundo o Relatório…

Saber mais →

A base para uma transição justa: Democracia Energética – Sinan Eden, Climáximo

jlawrence_energy_democracy_colour_2

É preciso cortar as emissões em Portugal em 60-70% nos próximos 15 anos. Mesmo de uma ponto de vista técnico, isto significa mudar tudo: mudar a forma como produzimos energia, mudar os meios de transporte, mudar a forma como distribuímos e consumimos produtos e mudar a forma como funciona a nossa sociedade. Ou isto, ou o clima vai mudar…

Saber mais →

Compensa mais salvar Bancos ou combater o desemprego? – Carla Prino, Precários Inflexíveis

desemprego-jovem

O Orçamento de Estado para 2017 prevê que se retirem 853 milhões de euros às contas públicas para o Fundo Único de Resolução (FUR), criado para ser o “pé-de-meia” dos bancos em caso de aflição. Uma vez mais, trata-se de ter o sector público a financiar as más escolhas dos interesses privados, sem que o contribuinte se possa manifestar….

Saber mais →

Transição Energética no sector dos transportes: eletrificação dos transportes terrestres – Filipe Carvalho, Climáximo

ferrovia-empregos

Estimativas para a eletrificação do sector dos transportes Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), em 2014 o sector dos transportes era responsável por cerca de 25% das emissões de gases de efeito de estufa (GEE) em Portugal . Já a Agência Internacional da Energia (IEA) estimava que, em 2013, este sector representava cerca de 36% da energia total…

Saber mais →

Os desafios climáticos possibilitam a criação de emprego, CGTP-IN

trabalhos

A “Transição Justa” como solução para a criação de emprego. Lutamos contra à situação de precariedade laboral, tanto no sector público como privado e, ao mesmo tempo, estamos cheios de expectativas quanto ao que a Conferência da ONU – Organização das Nações Unidas vai decidir em Marraquexe (COP22) sobre a implementação do Acordo de Paris, para lutar contra as…

Saber mais →

O problema das alterações climáticas – Filipe Carvalho, Climáximo

evolucao_ppm_seculos

Desde a Revolução Industrial e a invenção da máquina a vapor que a Humanidade utiliza combustíveis fósseis de forma massiva e intensiva. Carvão, petróleo, gás: estes combustíveis libertam gases de efeito de estufa (GEE), como o dióxido de carbono (CO2), para a atmosfera, ao serem queimados. Durante milénios, os níveis de CO2 na atmosfera oscilaram entre cerca de 180…

Saber mais →

Web Summit, investimentos e como trocar as prioridades da sociedade – Precários Inflexíveis

websummit

O Web Summit aconteceu graças à ajuda preciosa de muitos voluntários e do Estado – porque um evento que cobra, no mínimo, 700 euros por bilhete precisa, e muito! Esta cimeira tecnológica trouxe consigo muito dinheiro de investidores, entre os quais o sector público que entrou com um milhão para apoiar a organização (com os nossos impostos) e mais…

Saber mais →