Espanha pondera semana de trabalho de quatro dias. Em Portugal seria possível? – ECO

O Governo espanhol confirmou, este mês, estar a estudar a possibilidade de reduzir a semana de trabalho para quatro dias, isto é, passar das atuais 40 horas semanais para 32 horas, sem qualquer redução salarial. A ministra do Trabalho espanhola, Yolanda Diaz, defendeu que o “tempo de trabalho exige uma nova conceção” e o secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, sublinhou que a medida em causa poderá até favorecer a criação de empregos.

A ideia não é nova, mas a pandemia de coronavírus veio dar-lhe um novo fôlego. O “sonho” da semana de trabalho reduzida surgiu há mais de três séculos e, desde então, vários têm sido os países a equacionar a sua adoção. Espanha junta-se ao rol, estando agora a ponderar diminuir para 32 horas o período de trabalho semanal. O objetivo é favorecer a criação de emprego, numa altura em que o mercado laboral está abalado pela Covid-19. Portugal poderá, querendo, seguir as pegadas do vizinho ibérico?


Lê a notícia completa no ECO, aqui.