Apresentação: Cortar emissões dá muito trabalho.

Nesta sessão organizado no âmbito do 6º Encontro Nacional pela Justiça Climática, explorámos alguns sectores-chave na transição climática e como estes podiam ser descarbonizadas criando dezenas de milhares de empregos dignos: Como seria um setor energético com zero emissões? Que modelo de transporte e mobilidade pode atingir emissões zero? Que produção agropecuária pode ajudar-nos a travar o caos climático?…

Saber mais →

13MAR 14h00 | Apresentação: Cortar Emissões Dá Muito Trabalho.

Temos de cortar as emissões de gases com efeito de estufa em Portugal, rapidamente e drasticamente. Como é que se faz isso? Vamos entrar numa austeridade ecológica? Vamos voltar para a idade de pedra? Nada disso. Precisamos de fazer as coisas de uma forma diferente. Precisamos de fazer mudanças estruturais na nossa sociedade. E fazer isso vai dar muito…

Saber mais →

Debate sobre Sines e transição justa

A campanha Empregos para o Clima dinamizou um debate no 5º Encontro Nacional pela Justiça Climática. A sessão pública “Sines sem Carvão. E Quem Paga a Transição?” contou com presença da GCE – Greve Climática Estudantil e do SIEAP – Sindicato das Indústrias, Energias, Serviços e Águas de Portugal. A apresentação começou com Alice da GCE a sublinhar que…

Saber mais →

Debate: Sines Sem Carvão. E Quem Paga a Transição?

A campanha Empregos para o Clima está a organizar um debate no 5º Encontro Nacional pela Justiça Climática, no dia 22 de Fevereiro, Sábado, às 16h00. O governo anunciou o encerramento das centrais termoeléctricas do Pego e de Sines, responsáveis por cerca de 20% das emissões nacionais, sem um plano para quem lá trabalha hoje. Nós precisamos de um…

Saber mais →

5º Encontro Nacional pela Justiça Climática

Já somos “mainstream“. Os políticos acham que se deve fazer alguma coisa sobre a crise climática, os parlamentos declaram emergência climática. Mas o nosso objectivo não é sermos mainstream. Nós queremos ver acção urgente por uma transição energética que traga justiça climática às nossas sociedades. E isso só vai acontecer com e por causa da nossa mobilização e organização….

Saber mais →

Transportes Públicos e Justiça Climática

No dia 11 de fevereiro na Faculdade de Ciências, decorreu o 3º Encontro Nacional pela Justiça Climática, com uma série de apresentações públicas, bancas, exposições, e espaços de debate. Uma das sessões de apresentação focou-se sobre transportes públicos, e contou com a participação de um investigador da Faculdade de Ciências sobre as áreas da energia e mobilidade, dois sindicalistas…

Saber mais →

Transportes Públicos para o Clima no 3º Encontro Nacional pela Justiça Climática

Os transportes públicos coletivos são mais do que uma solução óbvia para os problemas da mobilidade: uma necessidade social. Incentivar os transportes públicos de qualidade para toda a gente alcança de uma vez mais direito à cidade, mais justiça social, criação de emprego e combate às alterações climáticas. Nesta sessão, promovida pela campanha Empregos para o Clima, teremos o…

Saber mais →

“100 000 Empregos para o Clima” no 2º Encontro Nacional pela Justiça Climática

No dia 5 de março, na FCSH em Lisboa, teve lugar o 2º Encontro Nacional pela Justiça Climática, co-organizado pela Associação de Estudantes e por um conjunto de organizações ambientais e laborais. A campanha teve neste dia uma sessão dedicada, com o título “100 000 Empregos para o Clima”, contando com as intervenções de Ana Pires (CGTP-IN), Carla Prino…

Saber mais →

“Trabalho e Clima” no Encontro Nacional pela Justiça Climática

A crise climática, o desemprego e a precariedade exigem uma resposta popular radical. Necessitamos urgentemente de alianças transversais que respondam às diferentes prioridades da população, para construirmos um movimento de base capaz de desafiar o sistema socioeconómico como um todo. Como articular questões de trabalho e de justiça climática numa luta conjunta? A campanha pelos empregos climáticos é uma…

Saber mais →