Florestas: mais emissões ou mais emprego? – Paulo Pimenta de Castro

Nas últimas duas décadas, a estimativa de emissões de Gases de Efeito Estufa associados aos incêndios rurais em Portugal ronda os 50 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente. Cerca de metade corresponde à área ardida em apenas três anos: 2003, 2005 e 2017. Se a média anual das emissões decorrentes dos incêndios rurais é inferior às produzidas…

Saber mais →

Floresta: Como torná-la num verdadeiro sumidouro e armazém de carbono – João Camargo, ICS

EMPREGOS PARA O CLIMA E PARA UMA FLORESTA MULTIFUNCIONAL Quando o primeiro-ministro, António Costa, anunciou na Cimeira do Clima (COP22) em Marrakesh, que o país seria carbono neutro em 2050, a necessidade de avaliar o balanço dos emissores e dos sumidouros de carbono tornou-se mais importante para poder garantir (pelo menos) o cumprimento de tal promessa. Segundo o Relatório…

Saber mais →