Todos os caminhos da neutralidade carbónica passam pela floresta – Luís Fazendeiro

Os últimos anos têm visto o termo “neutralidade carbónica” tornar-se parte da linguagem comum. Sendo uma das bandeiras da Greve Climática Estudantil, inspirada por Greta Thunberg, e de vários movimentos que lutam pela justiça climática, esta exigência começa a ganhar mais espaço, tanto em termos de atenção mediática como até da agenda de vários partidos políticos, em cada vez…

Saber mais →

Crise ecológica, Coronavírus e cuidado. O que aprendemos sobre “trabalho essencial” e como isto pode afetar a campanha Empregos Para o Clima – Stefania Barca

A campanha Empregos para o Clima assenta na ideia – solidamente fundamentada por dados – de que “os setores-chave que têm impacto direto nas emissões”, como “energia, transportes, construção, gestão de florestas e agricultura”, oferecem a oportunidade de criar novos empregos ao reduzir as emissões nesses mesmos setores. A ideia de fundo é que estes setores devem ser essenciais…

Saber mais →

A zero-emissions transport sector in Portugal – Sinan Eden

§0. Starting points: The transport sector is responsible for 25.6% of annual greenhouse gas emissions of Portugal. There are five million cars in the country. A new electric car today costs between 30 and 70 thousand Euros. Substituting all existing cars with electric cars would cost 150 billion Euros. That’s 70% of all the Portuguese economy.1 (Then there are…

Saber mais →

Aspirando à neutralidade carbónica até 2030 em Portugal

Esta nota da equipa editorial da nova edição do relatório Empregos para o Clima em Portugal, explica porque é que o relatório visa reduções de emissões altamente ambiciosas em todos os setores da economia, e como este interage com as políticas climáticas existentes. O Relatório Especial sobre os Impactos do Aquecimento Global de 1,5ºC, elaborado pelo Painel Intergovernamental sobre…

Saber mais →

A metodologia do relatório Empregos para o Clima em Portugal: como calculamos os empregos, as emissões e os custos?

Esta nota pela equipa editorial da nova edição do relatório Empregos para o Clima em Portugal explica e defende a metodologia utilizada na preparação do relatório. §1. Se queremos evitar o colapso climático, precisamos de uma transição energética justa, a qual exigirá uma profunda transformação na produção, na distribuição, no consumo e na gestão, de quase todos os sectores…

Saber mais →

Aiming at carbon neutrality by 2030 in Portugal

This note by the editorial team of the new edition of the Climate Jobs in Portugal report explains why the report aims at highly ambitious emissions cuts in all sectors of the economy and how it interacts with existing climate policies. The Special Report on Global Warming of 1.5ºC prepared by the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) warns…

Saber mais →

Novo relatório: A Ascensão e a Queda da “Energia Comunitária” na Europa

por Sean Sweeney, John Treat e Irene HongPing Shen publicado em Março de 2020 Apesar das esperanças de muitos aliados na luta pela democracia energética, os esforços na promoção da propriedade local e comunitária de energia têm permanecido principalmente à margem dos sistemas energéticos globais, e têm-se mostrado até agora incapazes de enfrentar os desafios da transição energética. Neste…

Saber mais →

Lançamento do relatório “Empregos para o Clima” no CES-Lisboa

Existem mais de 200 milhões de pessoas desempregadas no mundo e nos últimos anos, 140 milhões de seres humanos tiveram de ser deslocados por desastres naturais relacionados com as alterações climáticas. Duas crises com origem num sistema económico capitalista que reduz tudo a mercadorias e lucros. A Campanha Empregos para o Clima propõe a solução para estas duas crises…

Saber mais →

Comunicado: O relatório “Empregos para o Clima” mostra o caminho para uma transição energética justa

Hoje (quinta-feira) às 19h00 no CES-Lisboa (Picoas Plaza), a campanha “Empregos para o Clima” vai apresentar o seu novo relatório que mostra que é possível combater a crise climática, a precariedade e desemprego ao mesmo tempo. A campanha “Empregos para o Clima” propõe a criação de 100 mil novos empregos no setor público (em energias renováveis, nos transportes públicos,…

Saber mais →

Lançamento do relatório: “Empregos para o Clima” em Portugal

A Campanha internacional “Empregos para o Clima” existe em Portugal desde 2015 e conta com o apoio de várias organizações cívicas, sindicais e ambientais. Ao longo do último ano a campanha contou com a colaboração de vários académicos e ativistas para elaborar um relatório sobre os empregos necessários para a transição energética em Portugal. Que empregos? Em que setores?…

Saber mais →