Trabalhadores pela justiça climática

Trabalhadores pela justiça climática

Trabalhamos por turnos, em condições precárias, e quase sempre mais horas do que está escrito nos nossos contratos. Sofremos com secas, cheias, incêndios florestais, crises alimentares e falhas de infraestrutura que não fomos nós a causar. E se não agirmos a tempo, o caos trazido pelas alterações climáticas só vai continuar a piorar as nossas condições de vida. Contra a precariedade laboral e planetária e as suas profundas injustiças, vamos juntar-nos na Marcha Mundial do Clima em Lisboa e marchar pelo clima, por justiça e emprego.

Sentimos em muitos casos que o nosso trabalho não beneficia a sociedade. Da academia até aos call centers, a lógica do mercado impõe quantidade acima de qualidade, enquanto o foco nos lucros desvaloriza quem trabalha e o que é de interesse público. É possível travar a crise climática com trabalhos socialmente dignos e úteis. Exigimos empregos com dignidade para o clima e a sociedade.

O planeta é grande demais para falhar. Junta-te a nós no cortejo do/as trabalhadore/as na Marcha Mundial do Clima.

www.salvaroclima.pt

Ponto de encontro:
Cais do Sodré, entrada da estação de metro, Lisboa
8 de setembro, 17h00


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.