Portugal está a perder área florestal, pastagens e matos – Público

Portugal está a perder área florestal, pastagens e matos – Público

As áreas florestais perdidas no último triénio analisado não só não estão a ser repostas, como estão a dar lugar a territórios artificializados, corpos de água e áreas agrícolas. Duas das causas para esta regressão relacionam-se com a “dinâmica própria dos ecossistemas florestais” e com as consequências dos “severos incêndios rurais de 2017 e 2018 (Monchique)”. Entre 2015 e 2018, as áreas florestais, de matos e de pastagens e as áreas agrícolas eram “as que apresentavam uma maior perda de área — entre 56 e 140 quilómetros quadrados”.

Lê a notícia completa, originalmente publicada no Público, aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.