Portugal junta-se a processo contra Apple. Ação judicial visa obsolescência programada do iPhone 6, 6S e 6 Plus – Sapo

O grupo internacional Euroconsumers defende que a Apple manipulou intencionalmente os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para ficarem mais lentos. A acusação diz que a Apple atualizou, silenciosamente, o software dos modelos do iPhone 6 sabendo, à partida, as alterações que dai resultavam e que se destacam pela lentidão, perda de desempenho e shut down inesperado dos telemóveis. A Euroconsumers está a liderar o processo na Europa e dos países que integram o grupo a Bélgica e a Espanha já estão a avançar com uma ação judicial contra a Apple. A estes juntam-se Portugal e Itália em 2021, como explica a organização que integra a Deco Proteste.

Lê a notícia completa, originalmente publicada no Sapo, aqui.